22 abril 2018

Filtro dos Sonhos

Dream Catchers ou seja Apanhador de Sonhos é de origem indígena, representação de uma Mandala. Não é um Sino de Vento como alguns pensam, ele não faz barulho algum, trabalha silenciosamente. A trama central é parecida como teia de uma aranha e tem o propósito de filtrar más vibrações do seu dono, filtrando também sonhos ruins das noites. O formato circular é para que lembre o sol, o círculo da vida. A teia representa a alma, o livre arbítrio e nossas escolhas, nosso caminho. O centro da teia representa a força do universo, o criador, o nosso eu mais profundo. As penas correspondem ao elemento ar, representando o sopro, a respiração da vida. É um amuleto de proteção poderosíssimo, só é preciso pendurá-lo onde tome sol.
Traz sorte, porque traz sabedoria, que é o essencial.
(obrigada meus filhos Eric Garcia e Mayara Yui)



16 abril 2018

Animaizinhos merecem amor e respeito

Sabem o que para mim parece incompreensível? É a forma como determinados seres humanos tratam animais. Eles não respeitam a vida humana, se consideram tão superiores, que acreditam serem melhores que eles. Tem gente que mata, joga no rio, abandona, judia e por ai afora.
Meu Deus do céu, que tipo de raça é essa a nossa tão egoísta assim. Somos todos filhos de Deus!
Eu sempre tive gatinhos em casa, não sei lidar bem com a vulnerabilidade canina, mas entendo que todos são anjinhos. Principalmente os nossos bichinhos de estimação, que nos acompanham, nos acarinham diariamente e tudo o que pedem em troca é amor, será que custa tanto?
Uma de minhas gatinhas, a mais tranqueira, danada, da pá virada, é a minha mais doce filhinha de pelos. As vezes eu me zango com ela, porque vive aprontado, até na bundinha já apanhou, mas é tapinha pra tirar pó, daqueles que mães de antigamente faziam, para nos educar.
Ela é meu anjinho da guarda, não pode me ver quietinha que logo já vem agradar. Ela se preocupa tanto comigo, que as vezes eu até me sinto culpada em não lhe dar tanta atenção quanto merecia.
Mesmo que as pessoas não gostem de animais ou não saibam lidar com eles, basta que lembrem-se que são vidas, melhores ainda que as nossas. Eles nos falam do seu jeito, só não na nossa mesma linguagem. Sentem nossa falta, nos curam quando doentes, tudo porque estão acolhidos dentro de nossas casas e agradecem desta forma.
É mesmo uma perda lastimável, de moralidade e de potencialidade espiritual e esses seres ditos "humanos" não passam de covardes.
Me perdoem um texto tristinho assim, mas vi um cãozinho morrendo por falta de cuidados. Porque senhor? Porque tanta maldade!
Turma do bem, compartilhe e tenham uma boa noite!

03 abril 2018

02 Abril - Dia Mundial de Conscientização do Autismo

Todo 2 de abril comemora-se o Dia Mundial da Conscientização do Autismo, data decretada pela ONU (Organização das Nações Unidas), desde 2008, pedindo mais atenção ao transtorno do espectro autista (nome “oficial” do autismo), cuja incidência em crianças é mais comum e maior do que a soma dos casos de AIDS, câncer e diabetes juntos. No Brasil estima-se que tenhamos 2 milhões de autistas, mais da metade ainda sem diagnóstico.
A cor azul – o azul representa a maior incidência de casos no sexo masculino. No Dia Mundial de Conscientização do Autismo vários monumentos de várias partes do mundo ficam iluminados nessa cor.
O quebra cabeça – representa a complexidade do autismo.
Compartilhe a mensagem para que mais pessoas se interessem mais por estas pessoinhas tão especiais.
@semeandoestrelass

30 março 2018

Vida santa

Quantas vezes ele teria que voltar, trazer seus ensinamentos de amor, para que a humanidade aprendesse a importância de suas palavras? Temo que quantas fossem as vezes, seria mais uma vez sacrificado, porque parece que os seres criados, apesar de tamanha luz interior, carecem de consciência.
O egoísmo nos tornam desabonados, a estupidez humana é algo jamais visto. Tudo o que ele esperava, é que nós o ouvisse e colocasse em prática o que nos ensinou.
Raça medíocre essa a nossa, que se distancia uns dos outros voluntariamente e principalmente porque cada um segue suas próprias regras, muitas vezes ditadas pela diferente religiosidade. As crenças de cada um são ambíguas, mas causam conflitos e distanciamento da razão principal.
Se a única religião fosse o amor, o dedicado à todos os seres viventes, humanos, animais e natureza, todos viveriam em total harmonia, proporcionando o equilíbrio vital tão necessário e desejado. A maior vítima é o nosso próprio planeta Terra, imensamente abençoado e maravilhoso, repleto de oportunidades.
O que Jesus fez em sua breve passagem, foi dar tudo o que tinha por nós, sacrificou-se sem pensar duas vezes, mas parece que os espinhos doeram apenas nele!
Apesar de tanta tristeza e decepção, que sei incomoda não só a mim, ainda dá tempo, ainda temos tempo de mudar nossos conceitos e valores, tanto materiais, quanto espirituais.
Não precisamos aceitar abertamente uns aos outros, mas se nos respeitássemos mais, já seria de bom tamanho.
Leve adiante a palavra do Senhor, não se intimide por parecer que a maioria não tem interesse. Quando cada um faz ao menos a sua parte, demonstra respeito e carinho, agradecimento ao Deus que nos criou. Haverá de fazer diferença.
Que a nossa vida continue a ser abençoada, mesmo que nem todos mereçam.
Salobah, luz e amor!